Como os agrotóxicos podem afetar a nossa saúde?

Existem vários estudos científicos que apontam que os agrotóxicos podem contaminar o meio ambiente e ficar nos alimentos, prejudicando a nossa saúde. Com certeza, muitos de nós estamos ingerindo vários agrotóxicos nos alimentos e nem sabemos disso.

Você sabia que, segundo dados da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), em 2008, o Brasil ultrapassou os Estados Unidos e assumiu o posto de país que mais utiliza agrotóxicos do mundo?

Várias pesquisas indicam que estes venenos possuem efeitos devastadores na nossa saúde humana e também contaminam o meio ambiente. Além de poderem contaminar o solo onde seus alimentos são plantados e até a água que você bebe, você pode estar ingerindo estes venenos diretamente ao comer seus alimentos.

Muitos dos efeitos dos agrotóxicos não são vistos ou sentidos na hora, mas podem se manifestar no seu corpo na forma de várias doenças como cânceres, más-formações congênitas, distúrbios endócrinos, neurológicos e mentais. Por isso é tão importante nos atentarmos ao que estamos comendo e promovermos iniciativas para melhorar nossa alimentação. Confira alguns problemas que os agrotóxicos podem trazer:

PRAGA QUE CONTROLAGRUPO QUÍMICOSINTOMAS DE INTOX. AGUDASINTOMAS DE INTOX. CRÔNICA
InseticidasOrganofosforados e carbamatosFraqueza, cólicas abdominais, vômitos, espasmos musculares e convulsõesEfeitos neurotóxicos retardados, alterações cromossomiais e dermatites de contato
InseticidasOrganocloradosNáuseas, vômitos, contrações musculares involuntáriasLesões hepáticas, arritmias cardíacas, lesões renais e neuropatias periféricas
InseticidasPiretroides sintéticosIrritações das conjuntivas, espirros, excitação, convulsõesAlergias, asma brônquica, irritações nas mucosas, hipersensibilidade
FungicidasDitiocarbamatosTonteiras, vômitos, tremores musculares, dor de cabeçaAlergias respiratórias, dermatites, doença de Parkinson, cânceres
FungicidasFentalamidasTeratogêneses
HerbicidasDinitroferóis e pentaciclorofenolDificuldade respiratória, hipertermia, convulsõesCânceres (PCP-formação de dioxinas), cloroacnes
HerbicidasFenoxiacéticosPerda de apetite, enjoo, vômitos, fasciculação muscularIndução da produção de enzimas hepáticas, cânceres, teratogeneses
HerbicidasDipiridilosSangramento nasal, fraqueza, desmaios, conjuntivitesLesões hepáticas, dermatites de contato, fibrose pulmonar
Fonte: OPAS/OMS (1996)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: